Visitar o Mercado do Bolhão é imperdível para todos que vão ao Porto. Localizado no coração da cidade, por lá é possível encontrar uma grande variedade de produtos frescos como carnes, frutos do mar, frutas e legumes, além de claro, bons vinhos e queijos.

O Mercado do Bolhão foi inaugurado em 1839 e na época, ele concentrava todos os mercados da cidade. Seu nome foi dado devido a um antigo riacho que passava no mesmo local onde foi construído o mercado, onde era muito cheio de lama, o que formava uma grande bolha de água e daí surgiu-se o nome “Bolhão”.

Ao longo dos anos o mercado ganhou popularidade, sendo eleito Imóvel de Interesse Patrimonial em 2006, e Monumento de Interesse Público em 2013.

A restauração do Mercado

Sem dúvidas o Mercado do Bolhão passou por muitas mudanças desde o seu nascimento, mas sua última reforma foi a mais impactante de sua história. No dia 15 de maio de 2018 foi consignada, oficialmente, a obra de restauro do Mercado do Bolhão. 

Era um desejo antigo da cidade, ver um dos seus maiores símbolos de cara nova e as máquinas começaram a trabalhar. Foram quatro anos de muito trabalho até, finalmente, a reforma estar completa. 

Para a alegria de turistas e locais, o Bolhão foi finalmente entregue de volta à cidade no dia 15 de setembro de 2022. A espera valeu a pena, o mercado reabriu as portas com mais de 70 comerciantes, mantendo a variedade de produtos e qualidade pela qual era reconhecido.

A história do Bolhão

É em 1910, ano em que Portugal derruba a monarquia para se tornar República, que surge o primeiro projeto de um mercado naquele local, uma praça onde já se faziam comércios locais. No entanto, só em 1914 é que se inicia a construção do atual edifício, desenhado pelo arquiteto António Correia da Silva.

O Mercado do Bolhão foi edificado em plena Primeira Guerra Mundial, entre 1914 e 1917 e as obras iniciaram em 19 de julho deste ano e, em 1915, foram disponibilizadas as primeiras lojas do mercado.

O edifício com estilo neoclássico trouxe a mesma grandiosidade da Estação de São Bento. Tratou-se de uma obra avançada para a época, devido ao maquinário diferenciado e a influência parisiense em sua arquitetura. O Bolhão foi desenvolvido em volta de um chafariz com quatro bicas e contava com dois pisos ligados por várias escadarias e um amplo espaço central. 

A entrada principal do edifício, orientada ao Sul, é localizada na Rua Formosa e possui esculturas de pedra que representam Mercúrio e Flora, os deuses da mitologia clássica consagrados ao Comércio e à Agricultura, respectivamente.

As entradas laterais, pela Rua de Sá da Bandeira e pela Rua de Alexandre Braga, dão acesso a um segundo andar com escadarias que ligam ambos os pisos. A entrada Norte, pela Rua de Fernandes Tomás, dá acesso direto ao piso superior. O mercado está aberto de segunda a sexta-feira das 08:00 às 20:00, e das 08:00 às 18:00 aos sábados.

Símbolo tradicional da cidade

Apesar de ser muito procurado por nós, turistas, o mercado também é querido pelos portuenses por manter sua essência mesmo com a grande popularização do local. 

Ao visitar o Bolhão você terá a oportunidade de conhecer seus simpáticos lojistas, que por si só, já ajudam para que a experiência cultural seja ainda mais imersiva. Cada um tem seu próprio jeito de abordar e cativar os visitantes para garantir suas vendas. 

Novidades do Bolhão

A principal novidade recai sobre a parte logística, que, no subsolo, ocupa todo o interior do edifício com câmaras frigoríficas, armazéns, produção de gelo e um espaço destinado às cargas e descargas. Contempla ainda uma zona de balneários e outra de separação e tratamento dos resíduos. 

Além disso e das tradicionais bancas, o mercado agora também conta com a presença de 10 novos restaurantes localizados no 1° piso do edifício para atrair ainda mais visitantes.

Atrações especiais de Natal

Segundo a programação divulgada oficialmente, neste ano de 2022, o mercado contará com atrações especiais de Natal, que garantem diversão para toda a família. Confira as atrações: 

17/12 — Sábado

  • 𝟏𝟕𝐡𝟎𝟎 | 𝐎́𝐩𝐞𝐫𝐚 𝐝𝐞 𝐁𝐨𝐥𝐬𝐨 [𝐌𝐮́𝐬𝐢𝐜𝐚]

Uma vez mais, o canto lírico não falta ao Natal portuense. Este ano, no magnífico cenário do renovado Mercado do Bolhão, o público poderá ouvir um repertório variado.

19/12 — Segunda-feira

  • 𝟏𝟎𝐡𝟑𝟎 | 𝐁𝐨𝐜𝐚 𝐝𝐞 𝐂𝐚̃𝐨 – “𝐅𝐚́𝐛𝐫𝐢𝐜𝐚 𝐝𝐚𝐬 𝐁𝐫𝐢𝐧𝐜𝐚𝐝𝐞𝐢𝐫𝐚𝐬” [𝐀𝐧𝐢𝐦𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐈𝐭𝐢𝐧𝐞𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞]

Espetáculo que recorda brincadeiras de tempos anteriores à tecnologia e promove a interação entre gerações. Crianças pequenas e adultas juntam-se em jogos coletivos com elásticos, botões, bolas, pedras ou giz. O objetivo é que o receituário da brincadeira continue a crescer e a circular.

20/12 — Terça-feira

  • 𝟏𝟎𝐡𝟑𝟎 | 𝐒𝐞𝐢𝐬𝐭𝐨𝐩𝐞𝐢𝐚 – “𝐄𝐬𝐩𝐢́𝐫𝐢𝐭𝐨𝐬 𝐝𝐨 𝐈𝐧𝐯𝐞𝐫𝐧𝐨” [𝐀𝐧𝐢𝐦𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐈𝐭𝐢𝐧𝐞𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞]

Algures no Polo Norte, entre desertos de gelo, existe um lugar onde habitam os Espíritos do Inverno, seres que nos visitam em sonhos e protegem a nossa imaginação. São pastores das nuvens, pescadores das estrelas, navegadores da música dos oceanos. Vêm espalhar magia invernal pelos nossos corações.

21/12 — Quarta-feira

  • 𝟏𝟕𝐡𝟎𝟎 | 𝐁𝐚𝐧𝐝𝐚 𝐚̀𝐬 𝐑𝐢𝐬𝐜𝐚𝐬 [𝐀𝐧𝐢𝐦𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐈𝐭𝐢𝐧𝐞𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞]

Grupo musical portuense habituado a animar todo o tipo de eventos em Portugal e em muitos outros países. Espalham boa disposição com um reportório de cariz tradicional, temas do imaginário coletivo e do mundo circense. O seu objeto, dizem, é “despertar o lado mais simples da vida: o sorriso!”.

22/12 — Quinta-feira

  • 𝟏𝟎𝐡𝟑𝟎 | 𝐒𝐨𝐥𝐝𝐚𝐝𝐢𝐧𝐡𝐨𝐬 𝐝𝐞 𝐍𝐚𝐭𝐚𝐥 [𝐀𝐧𝐢𝐦𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐈𝐭𝐢𝐧𝐞𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞]

Juntos desde 2016, os quatro músicos dão vida a quatro soldadinhos de chumbo que brincam enquanto tocam músicas de Natal. Sempre com boa disposição, o grupo vai se adaptando aos espaços e públicos que encontrar pelo percurso. 

23/12 — Sexta-feira

  • 𝟏𝟎𝐡𝟑𝟎 | 𝐏𝐢𝐧𝐭𝐨 𝐂𝐚𝐫𝐢𝐜𝐚𝐭𝐮𝐫𝐚𝐬𝐂𝐚𝐫𝐢𝐜𝐚𝐭𝐮𝐫𝐚𝐬 𝐚𝐨 𝐕𝐢𝐯𝐨 [𝐃𝐞𝐬𝐞𝐧𝐡𝐨]

Desde 1984 que Paulo Pinto se dedica à arte do cartoon/caricatura, tendo participado em inúmeros festivais e concursos. Este Natal desafia o público portuense a entrar no mundo da caricatura tradicional, transcrevendo em poucos minutos os seus melhores (ou piores) atributos para uma folha de papel.

Pessoas com mobilidade reduzida tiveram a acessibilidade do Bolhão facilitada, e, as novas coberturas das bancas, ou a manutenção do criptopórtico do viaduto de Sá da Bandeira, visível em um dos cantos do mercado e datado da primeira metade do século XIX, são outras das grandes novidades do Mercado do Bolhão.

Gostou de conhecer um pouco mais do principal mercado de Porto? Assista ao nosso conteúdo no Youtube e saiba ainda mais sobre o Mercado do Bolhão.  A Facility 4u tem a expertise para ajudar você a vivenciar essa e outras experiências morando em Portugal. Nós podemos fazer o seu sonho se tornar realidade. Entre em contato e saiba mais sobre nossos serviços. 

Tags:

Sem respostas ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×